FacebookTwitterGoogle+Linkedin
Baralho Literário
10
Não é à toa que você está com esta revista molhando embaixo do seu sovaco suado.
– Você quer trocar o livro por esta revista?
Ela franziu a testa e pareceu ter experimentado uma metamorfose, transfigurando-se num bagulho mais esquisito do que o Steven Tyler, o vocalista do Aerosmith. Suponho que, no planeta dela, era o modo usual de manifestar felicidade.Clicando aqui, você assiste ao vídeo com animação
10
K
– Gostei de você. Prazer, o meu nome é Silvia.
– Sua mãe acertou no seu nome. Faço minhas as palavras do Marcelo Nova.
– Ooooolha… eu sou funcionária pública. Isso é desacato, viu?
– Eu sei. Por isso não digo o que eu gostaria de berrar no seu ouvido, mas dou graças pelo grande cantor que já fez isso por mim na década de oitenta.Clicando aqui, você ouve a crônica
K
2
Ê, laiá! Lá vou eu de novo! Que droga! Detesto ir ao banco. Com toda a tecnologia de hoje e ainda há pepinos que não podem ser resolvidos pelo telefone ou pela internet. Havia de ir ao banco sem livro mesmo. Se houvesse fila, ainda restaria o meu cocuruto meditabundo e a probabilidade de descolar um papo agradável com o infeliz da frente ou com o infeliz de trás, que, assim, como eu, penavam as amarguras de aguardarem a sua vez, numa fila do cão.Clicando aqui, você ouve
2
Clique sobre o baralho!