FacebookTwitterGoogle+Linkedin
Baralho Literário
K
Deixei para pensar na suposta coincidência quando chegasse lá. Sou um homem que gosta de encantar-se com os mistérios da vida e o que mais me agradou foi a sintonia. Gosto de sinais e o universo costuma ser meu "amigo invisível".
Trecho do prefácio escrito por Marcelo Garbine para o livro "Entre líneas difusas" da escritora argentina Katya Galassi
Clicando aqui, você lê o texto completo
K
3
– O tempo é curto: ou limpo minha casa ou tomo banho.
– Simples: como você tem cara de quem vive em marte, deve ficar pensando na morte da bezerra e demorar no banho. Então, é só deixar a porta aberta. O vapor do chuveiro não vai deixar sua casa brilhando, mas vai dar uma limpadinha. Como sua casa deva ser pequena, o vapor abrangerá todos os cômodos. Pra quem mora no chiqueiro tá bom.Clicando aqui, você assiste ao vídeo com animação gráfica
3
7
Quem é da Geração X, assim como eu, levanta a mão! Vocês, com certeza, recordam-se do programa Domingo no Parque, do Silvio Santos. Sabe aquele quadro em que as crianças ficavam dentro de um foguetinho, ouvindo música?

O Silvio Santos perguntava se o menino queria trocar a bicicleta por um chiclete de jiló mastigado e o menino gritava: “SIM!".Clicando aqui, você lê o texto completo
7
Clique sobre o baralho!